Bruce Lee: vida e carreira, o mito por trás do homem

bruce lee

Não precisa ser um amante das artes marciais para conhecer o astro Bruce Lee. O mito do dragão era muito mais do que a lenda criada pelo fascínio dos fãs. Sua força e sua rapidez excepcionais marcaram o cinema, e seus feitos e sua história de vida permanecerão vivos na imaginação de muitas gerações. Até mesmo sua morte, que completou 44 anos no dia 20 de julho, ainda deixa muitos seguidores intrigados.

O laudo médico determinou que Bruce Lee faleceu devido à alergia a um medicamento analgésico, mas muitos desconfiam dessa conclusão. Há quem acredite que a versão oficial tenha sido um disfarce para um assassinato, outros especulam sobre a possibilidade de overdose e, até mesmo, de um pacto com o diabo. Apesar de sua morte precoce, Bruce Lee, certamente, tornou-se uma figura imortal. Confira os fatos mais marcantes de sua vida e de sua carreira.

Bruce Lee, o arruaceiro

bruce lee

Adolescência de confusões e artes-marciais – Assim começava a se criar o mito Bruce Lee.

Quando adolescente, era conhecido por arranjar confusão por onde quer que passasse. Nascido nos Estados Unidos, mas levado ainda pequeno para Hong Kong, desde muito cedo começou a atuar por influência do pai, que era ator de teatro.

Por volta dos 13 anos, conheceu o kung fu, mas até aquele momento não havia feito a síntese entre a luta e a filosofia. Os pais, muito preocupados com a conduta do filho e suas constantes brigas (chegando ao cúmulo de ser procurado por policiais), decidiram mandá-lo de volta aos Estados Unidos.

De São Francisco, sua cidade natal, Bruce Lee mudou-se para Seattle, onde trabalhou como garçom. Sentindo falta do kung fu, começou a ensinar a arte nas ruas da cidade, porém, sua intenção era unir a sabedoria ocidental com a oriental. Por isso, matriculou-se no curso de filosofia.

Sobre mitos e verdades

bruce lee

Os mitos e verdades em torno de Bruce Lee vão de um comercial ”Fake” e chutes quase incaptáveis a olho nu.

Até hoje surgem muitos mitos em torno de Bruce Lee. Por exemplo, em 2009, começou a circular na internet um vídeo no qual o astro joga tênis de mesa com um nunchaku em vez de uma raquete, contra dois adversários ao mesmo tempo. Muitos acreditaram que Lee era mesmo um mesatenista imbatível, mas depois foi esclarecido que o vídeo era uma montagem para uma campanha publicitária.

Contudo as habilidades reais do ícone não eram menos impressionantes do que as lendas. Para se ter uma ideia, as câmeras comuns da época tinham dificuldade de captar a rapidez de seus movimentos. Por isso, foi necessário gravar suas cenas de luta com câmeras mais rápidas, como as de 32 quadros por segundo.

Se você sofre fazendo atividade física, fique feliz por Bruce Lee não treinar junto com você. Ele conseguia fazer séries inteiras de flexão com apenas um braço, ou apoiando-se somente em um dedo. Seu aquecimento também era insano e incluía cerca de 100 agachamentos e 2000 chutes. E isso era só o aquecimento.

A única capaz de vencer o mito

bruce lee

Linda Emery : A mulher que levou Bruce Lee a ”nocaute”. 

Bruce Lee casou-se em agosto de 1964 com Linda Emery, conhecida como Linda Lee. Se você acha que romance não combina com o dragão, saiba que ele se dizia meio bobo quando se apaixonava e declarou publicamente, em tom de gozação, que não havia como vencê-la.

Um de seus filhos, Brandon Lee, ficou tão famoso quanto o pai. Infelizmente, as semelhanças não param por aqui. Brandon também faleceu prematuramente, e as circunstâncias de sua morte são igualmente controversas.

Bruce Lee, professor e ator

bruce lee

Seja como água, meu amigo : Frase famosa de um dos discursos de Bruce Lee.

Sua fama e sua dedicação ao kung fu o tornaram bastante conhecido, abrindo portas para ser o professor de grandes personalidades, como James Gardner, Steve McQueen e Roman Polanski. Também foi muito criticado por puristas por tentar unir as culturas ocidental e oriental em seu trabalho como professor. Seu estilo envolvia não só o kung fu clássico, mas também modalidades como o boxe e até mesmo alguns improvisos.

A carreira de ator começou com uma série de TV, a The Green Hornet, na qual era coadjuvante. Bruce Lee mostrou-se tão hábil que foi convidado para filmes com temáticas que envolvessem o kung fu. Seu último longa-metragem, The Big Boss, foi lançado dois anos antes de sua morte.

Gostou de saber mais sobre Bruce Lee? Que tal compartilhar o post com seus amigos nas redes sociais? Seja como a água, meu amigo!

Deixe uma resposta